Infectologista

Médico Infectologista

Ao contrário da maioria das profissões médicas, os infectologistas não se especializam em estudar partes do corpo, mas em doenças infecciosas. Isso significa que sua experiência depende do tipo de doença, não do local afetado pela doença.

Em outras palavras: não importa qual órgão esteja infectado, os especialistas em infecção serão capazes de resolver o problema.Acontece que, quando uma pessoa está doente, ela naturalmente procura especialistas nos órgãos afetados pela doença. Portanto, quando há suspeita de pioderma (infecção de pele) em um paciente, é instintivo consultar um dermatologista.Embora os dermatologistas possam resolver a maioria dos casos de pioderma, eles ainda podem encaminhar os casos para um especialista em doenças infecciosas. Isso porque os dermatologistas se especializam em pele, mas não em infecções cutâneas. Portanto, frequentemente ocorrem encaminhamentos para médicos infectologistas.

HIV

HIV AIDSEmbora atualmente não haja cura, as pessoas que vivem com HIV têm conseguido conviver pacificamente com a doença sem afetar sua produtividade. Isso porque, além de outras doenças crônicas, como hipertensão ou diabetes, já existem medicamentos que podem controlar o HIV de forma excelente para que os pacientes tenham uma vida normal.O tratamento do HIV é baseado em medicamentos e os pacientes geralmente são monitorados por médicos infectologistas. Além do acompanhamento e do tratamento, os infectologistas costumam dar orientações mais adequadas sobre a doença e seus métodos de prevenção.